Por que a produção de plástico reciclável é tão importante

O plástico é um dos componentes mais procurados em todo o mundo. No entanto, esse tipo de produto é produzido a partir do petróleo e para chegar ao material final, são usadas práticas que agridem a natureza como a exploração do solo, a emissão de gases tóxicos e o desperdício de energia e água.

Por esse motivo, a indústria tem se articulado para desenvolver alternativas que estimulem o reuso e a reciclagem desse tipo de material. O plástico reciclável tem apresentado um papel importante em diversos segmentos do mercado e as técnicas de reciclagem estão se aprimorado cada vez mais para reduzir o impacto no ambiente e em toda sociedade.

Como surgiu o plástico reciclável

A reciclagem do plástico que dá origem a matéria-prima reutilizável, é chamada de reciclagem mecânica.

Inicialmente, o plástico é coletado e separado de acordo com a sua classificação. Isso porque existem resíduos de plástico reciclável com características físicas e químicas diferenciadas que reagem de formas distintas à determinadas temperaturas.

Em seguida, eles são triturados e adquirem um aspecto granulado, com flocos minúsculos de material moído. Os grânulos de plástico reciclável são fundidos a partir de etapas de aquecimento.

Esse processo é chamado de revalorização. É nesse ciclo que se evidencia a importância de ter materiais com propriedades semelhantes: essa fusão derrete apenas plásticos de densidades aproximadas e o resultado pode ser uma matéria-prima heterogênea.

Ao final, ocorre a transformação do plástico reciclável, quando ele é usado para dar origem a outro material. Os tipos de plástico reciclável podem ser convertidos nos mais diversos tipos de materiais como:

  • Fibra para carpete;

  • Roupas;

  • Cabos e cordas;

  • Tubulações;

  • Envelopes;

  • Bandejas;

  • Madeira plástica.

As vantagens do uso de plástico reciclável

Infelizmente, as etapas de reciclagem do plástico faz com que o material gradualmente diminua a qualidade. Por isso, ele não pode ser reciclado continuamente.

Porém, o investimento feito para a reciclagem mecânica de plástico é menor do que outras alternativas, como a reciclagem química, por exemplo. Na realidade, o custo para transformar a matéria-prima reciclada é mais barato do que o custo para produzir um novo plástico.

Além disso, menos plástico descartado de forma incorreta representa menos material que leva centenas de anos para se decompor acumulados em aterros sanitários e a redução da exploração do ambiente em busca de fontes de matéria-prima nunca usadas.


Regiões onde a Embalagem Ideal atende Plástico reciclável:


Principais regiões do Brasil onde a Embalagem Ideal atende Plástico reciclável: